Pensando fora da caixa: as estratégias mentais para criar o novo.

A filosofia da uma instituição é construída sobre um rico legado de governança, muitos dos quais já existiam antes mesmo de serem determinados pela legislação, mostrando que a organização em questão esteve na vanguarda de seu tempo. Mas, essa organização é feita de pessoas, de modo que sempre serão elas que capitaneiam essa visão de futuro.

Manter sempre esse caráter essencial de uma corporação em torno de valores baseados na transparência, integridade, profissionalismo e responsabilidade, num movimento em que todos se esforçam para melhorar estes aspectos, o que permite converter oportunidades em realizações, através da capacitação e motivação adequada, promovendo um crescimento saudável ao desenvolvimento de recursos humanos.

O uso das redes sociais e seus efeitos na escola e na família

Temos hoje mais de 2 bilhões de usuários de mídias sociais ativos no mundo, e esse contingente só cresce. Isto significa dizer que os efeitos desse novo meio de comunicação social sobre nosso modo de vida e sobre a educação são inevitáveis. Logo, não é algo a ser combatido, mas compreendido. Se, num primeiro momento, facilmente vemos os problemas que essas redes acarretam, por outro lado, já que vieram para ficar, precisamos desenvolver meios de utilizá-las como instrumento. Esta palestra visa a discutir e propor soluções para a escola, pais, professores e alunos acerca das redes sociais. Público alvo: pais, educadores e alunos com mais de de 15 anos de idade.

eye-1553789_960_720

Que educação você está dando para seus filhos?

Os pais servem de modelo não só por meio de interações diretas com seus filhos, mas através dos exemplos que estabeleceram com a sua atitude e comportamento no seio da família e no mundo exterior. Ao abordar as suas preocupações, compartilhandoman-349265_960_720 suas vidas, e mantendo uma perspectiva construtiva, os pais podem contribuir para o crescimento e desenvolvimento pessoal de seus filhos. Os modelos são, muitas vezes, objeto de admiração e emulação. Através de suas qualidades pessoais e realizações, os pais podem inspirar seus filhos, com a sua presença e interação regular, ao mesmo tempo em que servem como modelos consistentes na evolução emocional de seus filhos. Mas, se é inquestionável que pais e mães inspiram, não é certo que o fazem sempre de forma positiva. Seus defeitos, vícios, medos e desequilíbrios também servem de modelo para seus filhos. Ou seja, para o bem ou para o mal, seu filho irá copiá-lo. . Público alvo: pais e mães. Esta palestra tanto se aplica a realidade escolar como organizacional.